27 de agosto de 2010

DISTÂNCIA

Anos-luz

Uma luz caminhando pelo tempo
viaja até alcançar minha retina.
Pelos séculos, por entre estradas de poeira e gelo,
a estrela e sua luz me golpeiam.

De tão distante, de tão
inimaginavelmente distante,
não é improvável que eu contemple
a luz de um astro que já morreu.

Aqui, em uma escala miseravelmente humana,
perto de mim, ainda pulsante
brilha a luz dos olhos teus.

Oswaldo Jr.
----------------------------------------------------------------

retrovisor

Olhando assim
depois de certo tempo
a estrada que se foi
o que ainda está por vir
analisando sua vida
pelo retrovisor
você sabe que correu,
correu demais
pra chegar no mesmo lugar

Você busca um amor por inteiro
um porto, um abrigo
mas no fundo você sabe
que não é preciso ir tão longe

Olhando o mundo
pela ótica do fundo de uma garrafa.
às vezes é preciso se reinventar
a rotina esgarça o tecido
deixa as cores mais lavadas
menos vibrantes
às vezes, é necessário
rever rotas e o rumo
que antes se mostrava certeiro

O que separa amor de saudade
é quase um dicionário inteiro

wallace puosso


----------------------------------------------------------------

Quando o cansaço abate a folha verde

Meu coração teto de vidro
Não suporta mais
As tuas pesadas palavras
Sempre vindas com sabor adeus.

Minha bicicleta cor de árvore
Não consegue completar o percurso
Da minha saudade alma.

A distância organiza minhas dores,
Jamais antecipo meu fim,
Pois seja aonde for
Bem sei que
É o corpo que aquece o cobertor!

Réginaldo Poeta

Um comentário:

  1. Hoje vocês foram longe...Que distância! Que profundidade! Muito bom.

    ResponderExcluir